Pós-parto ou Puerpério

O puerpério é a fase em que a mamãe vive um turbilhão de emoções, medos e dúvidas, porque tem um bebê para cuidar e muitas perguntas  começam a surgir!

Vamos responder as principais perguntas que surgem neste período.

Sangramento pós-parto:

Depois do parto, o útero, colo do útero, a vagina e abdome começam a encolher para o tamanho que tinham antes da gravidez.

O sangramento pós-parto chamamos de loquiação. A duração deste corrimento varia de mulher para mulher, sendo a média de 21 dias mas que se pode prolongar pelos primeiros 2  meses após o parto. O sangramento pode ter fluxo alternado, dias em maior e dias em menor quantidade e até mesmo ficar ausente e retornar.  No decorrer dos dias ele vai mudando de cor, alterna do vermelho vivo ao marrom e amarelado.

Fome no pós-parto:

Seu corpo precisa de energia para se recuperar do parto. Se estiver  amamentando  o corpo precisa de mais energia e nutrientes para a produção do leite do seu bebê.

Assim no pós-parto, como durante a gravidez, a alimentação é muito importante e deve ser bem equilibrada. É natural que sinta  desejo por coisas doces, porém seja sensata e mantenha uma alimentação saudável e não se esqueça de beber muita água pois é muito importante para a amamentação.

Deve evitar durante a amamentação excesso de alimentos ricos em gordura, doces e alimentos que podem provocar gases no seu bebê (leite e derivados em excesso, chocolate, brócolis, couve-flor, repolho, feijão, cebola e comidas apimentadas).

Cansaço:

Lembre-se de que você está numa fase de recuperação do cansaço do final da gestação e do pós-parto, tanto parto normal, que é mais tranquilo e a cesárea.

É  natural que se sinta exausta. Além disso, ainda têm o bebê para cuidar e todas as preocupações a sua nova condição de mãe.

O cansaço piora porque além da nova rotina, houve uma perda de sangue durante o parto e os níveis hormonais despencam nesta fase, acentuando a piora do cansaço.

Mantenha a calma e descanse o quanto conseguir. Recomendamos tentar descansar enquanto  o bebê dorme, e lembre-se de pedir ajuda se não estiver conseguindo descansar.

É apenas uma fase e com o passar das primeiras semanas a rotina ficará mais tranquila. O cansaço afeta a produção de leite e pode estar associado  à depressão pós-parto. 

Blues pós-parto:

O blues pós-parto caracteriza-se por um período de melancolia, tristeza e fortes alterações de humor. Além do choro, as mães vivenciam sentimentos de falta de confiança e incapacidade para cuidar do bebé. Pode ocorrer também alterações no apetite, irritabilidade e até uma preocupação excessiva relativamente ao papel de mãe.

Afeta cerca de 50 a 80% das mulheres e não deve ser confundido com a Depressão Pós-Parto. O blues é uma condição benigna que se inicia nos primeiros dias após o parto (dois a cinco dias). Tem a duração de alguns dias a poucas semanas e é de intensidade leve, sendo que em geral não requer uso de medicação, uma vez que é autolimitada e cede naturalmente.

Se você começar a ficar triste e desanimada, conte ao seu médico assistente.

Falta de tempo:

Um bebê recém-nascido requer muitos cuidados e atenção. As mães passam o dia a “sua volta”!

Além disso, você tem uma família e uma casa para cuidar, e muito importante também: você precisa cuidar de você mesma também!

O nosso conselho:  aproveite ao máximo o seu bebê! O dia parece que voa, porém não volta, e, mais cedo do que pensa, vai ter saudades do seu bebê  tão pequeno e indefeso no seu colo.

Se tiver a família por perto peça ajuda com as refeições, com a roupa e com a casa. Fique livre para desfrutar do seu bebê.

Volta ao peso:

O tempo necessário para recuperar a forma anterior à gestação  é, em média, 8 a 10 meses mas, se durante a gravidez você teve  uma alimentação equilibrada e se praticou atividade física  seu corpo provavelmente conseguirá voltar à sua forma mais cedo.

Sexo no pós-parto:

Quando não há complicações, não existe um tempo estabelecido para que a primeira relação sexual aconteça. Contudo, esse momento depende do casal e da forma que se sente física e psicologicamente.

O tempo recomendado para iniciar a vida sexual depois do parto são 6 semanas. Após este período, a mulher já se encontra sem sangramentos e a ferida da cesariana ou do parto normal já deverá estar cicatrizada.

ONDE ESTAMOS

Hospital Santa Helena
SHLN Quadra 516 Conjunto D
Asa Norte, Brasília

Marcação de Consultas e Exames
61.3215-0000